MIMOS

Parte 11 de 12 da série BGS 2019

NOVIDADES E BRINDES

Feira de eventos é sinônimo de brindes, presentes, surpresas. Eu mesmo fui para lá com um monte de botons da revista Micro Sistemas, que foram distribuídos a amigos e nos estandes que visitei.

Um boton chega a ser básico, mas o que conta não é se o presente é valioso, mas sim o que ele representa, sem contar que colecionadores de botons brigam por este tipo de brinde. Muitos estandes distribuíram botons e o brinde era bastante disputado. 

Percebi que as premiações inovaram bastante nesta feira, sendo que o QUIZ se tornou uma febre, com prêmios diversos que iam  de códigos virtuais a presentes físicos de todos os tipos. A mais movimentada, sem dúvida, foi no estande do jogo Fortnite, do qual já falei anteriormente. Além de ser gigantesco, podendo ser visto de praticamente qualquer ponto da feira, trazia vários eventos simultâneos acontecendo em diversos pontos do vitaminado estande e oferecia muitos brindes, para quem participasse das atrações.

Infelizmente não peguei nenhum… mas me diverti bastante, vendo todo o movimento.

Os e-games se tornaram parte do evento BGS e se tornaram atração nacional e obviamente não podiam deixar de dar o ar de sua graça, a cada momento estava acontecendo um campeonato de alguma coisa, tinha para todos os gostos, o barulho de tiros ou de torcidas se ouvia de longe, praticamente eram o som da feira.

Em alguns lugares, objetos inusitados como o lindo e completíssimo De Lorean, do filme “De volta para o futuro” que só faltava mesmo sair do lugar deixando um rastro de fogo. Estava lá, com as portas abertas e toda a parafernália que foi mostrada no filme. Não pude entrar, mesmo porque a fila para fotos era enorme e eu ia levar muito tempo, mas pedi para alguém segurar minha câmera do futuro lá dentro então até você, que não foi a BGS, pode se sentir no cockpit de um dos carros mais famosos do cinema… embora eu – por razões sentimentais – goste mais do Herbie, que não vi por lá, mas não duvido que estivesse pelo menos em alguma das telas. Quem levou o De Lorean foi a ASUS, com equipamentos muito futuristas mesmo, alguns que sequer foram lançados ainda no mercado, como mostra um dos vídeos, que selecionei aleatoriamente no Youtube.

 Outra novidade foi a RV. Os óculos de realidade virtual estavam espalhados por todo canto, assim como jogos usando este e outros dispositivos, que estão entrando de fato na vida dos gamers. Também não pude sentir o prazer de entrar em um destes lugares, já que as PCD ainda são “esquecidas” pela indústria dos jogos, visto a raridade de jogos e complementos para este segmento. 

Felizmente tinha alguns na BGS. Klatoo Barada Nitko… a terra está salva.

Se você tem um óculos de RV, aproveite e veja todas as nossas imagens 360° da BGS, com um equipamento destes. Vai se sentir lá dentro, como nesta imagem do De Lorean,

Um dos mais disputados destinos eram os Simuladores de diversos tipos, assim como cadeiras para gamers que eram verdadeiros cockpits, vindos direto da imaginação de designers que voam longe na maionese em termos de design…  com valores que voam ainda mais alto 🙂

E ainda havia havia lugar para coisas mais básicas, como este estande da Microcamp, onde o “pau comia” de verdade… sem periféricos eletrônicos, neste brinquedo, mas ganhou tem  brinde, perdeu, tem brinde… o importante é participar. 

Diversas empresas, vendiam seus últimos lançamentos, como gabinetes e portáteis próprios para jogar com o máximo poder de fogo, podiam ser vistos em quase todas as esquinas, quem tinha cartão ou grana no bolso, podia pegar e levar embaixo do braço, o comércio rolava solto e algumas empresas foram muito bem preparadas para isso. E sempre tinha um local para preencher com seus dados e quem sabe, ganhar algum prêmio mais valioso, seria um dia inteiro só preenchendo folhetos ou formulários virtuais.

Aqui deixo uma dica para os expositores, façam os formulários na Internet, para reduzir a fila e o tempo, basta usar um QRCode e pronto, a pessoa preenche, o sistema gera ouro QRCode e basta o usuário passar com o celular no estande… o sistemas de ingressos da feira funciona assim, porque não usar nos estandes? Sigam o exemplo da Sony, que disponibilizou um aplicativo para as pessoas liberarem os jogos do estande com hora marcada. Ah… é pra fazer fila? Tendi… então cancele o Klatoo Barada Nitko!

A venda de produtos foi de vento em popa, vendia-se de tudo, de livros a camisetas, passando por produtos inusitados, para uma feira de games, tal como café, refrigerante e até miojo… isso mesmo, MIOJO! Todos, de alguma forma tem conexão com o mundo gamer, afinal quem nunca passou uma noite jogando (ou desenvolvendo) na base de café e refri ou se alimentando de miojo?

No caso do café, chamou a atenção um sachê de café, que já vem com o próprio coador, basta colocar na xícara, jogar água quente e beber na hora.

No caso do miojo anunciavam um aparelho chamado “USB Noodle Strainer”, que permite apenas adicionar água a uma tigela, conectar na saída USB do micro e aguardar alguns minutos para comer seu nutritivo alimento de nerd. Não vi nenhum Strainer por lá, mas a Cuple Noodles distribuiu miojo à vontade. Faltou na BSG uma máquina como essa da propaganda…

No Stand da Old Spice – um desodorante – você podia arriscar seu lado peão, bastava ficar 15 segundos sobre o touro mecânico para ganhar nada menos que um… desodorante, muito útil naquela maratona, já é a segunda vez que a famosa marca de desodorantes, que tem as propagandas mais loucas da TV participa da feira.

A Gilete também estava lá, com seus barbeadores e uma parede de escalada, bastava subir e ganhava seu aparelho, mas encarar a fila era mais complicado que subir pelas paredes.

Segue um vídeo, mostrando ambos os eventos…

Em alguns lugares era impossível fotografar, por isso optei por ilustrar com vídeos de terceiros… mas tem bastante vídeo em 360°, exclusivos da MS. Os demais basta uma pesquisa no Youtube que vai encontrar aos milhares 🙂

Quem também marcou presença foi o SBT, que montou um verdadeiro estúdio, onde os jogos do Silvio Santos foram destaque e distribuíram prêmios de verdade, mas a fila também era desmotivante, mal consegui chegar a parte interna do estande. Em uma rede social vi pessoas se perguntando o que o SBT teria a ver com a BGS… sinceramente que vocês não sabem? Silvio Santos está no mercado de games faz séculos, foi um dos primeiros a lançar um jogo brasileiro que vendeu horrores, o “Show do Milhão” e o site do SBT mantém diversos jogos on line, além de ter muitos apps disponíveis para baixar nas diversas lojas de aplicativos.  Muitos programas de TV foram transmitidos direto da BGS. Até a Vila do Chaves tinha lá…

Não cheguei a ver nenhum estande da Globo, mas o Luciano Huck esteve gravando seu programa por lá, tentei chegar perto, mas também fui barrado pela multidão, que estava intransponível.

Até a Magalu estava lá e sorteou nada menos que um PS4… poxa, será que ganhei e nem sei?

Saí de lá apenas com a medalha do RIO, da First Phoenix Game Studio, alias um brinde supimpa, que guardei com muito carinho. Simula aquele colar que militares norte-americanos usam no pescoço, muito bem bolada, uma brinde inesquecível e que tem tudo a ver com o jogo. Que foi premiado como melhor game Indie desta edição da feira.

Me preparei para entrevistar o pessoal deste estúdio, alias extremamente simpáticos, mas pensa se não fiquei sem bateria bem na hora que consegui falar com eles… fazer o que. Deixo uma outra entrevista sobre o jogo, a melhor que consegui localizar e mostra bastante detalhes sobre o jogo e a produção. Aguardem que este vai fazer muito barulho. Entre outros detalhes o jogo permite que o jogador modele a si próprio para inserir o personagem no jogo. RIO é abreviatura de Raised In Oblivion, mas se refere mesmo a cidade do Rio, que será modelada pela equipe do jogo, numa tarefa bastante complexa…. fico no aguardo. 

Em outras feiras, saí com muito mais brindes, mas a verdade é que por estar sozinho empurrando a cadeira não daria para levar sacolas e etc e minha mochila já estava abarrotada, então não gastei muito meu olhar pidão 🙂

O presente maior certamente foi ver aquela animação toda… aquela festa gigantesca, apesar de um tiquinho de tristeza por ter só um dia para curtir.

E no próximo capítulo também me despeço desta matéria, a primeira que fizemos neste formato, se vocês gostarem, haverá outras, então comentem o que acharam.

 

Series Navigation<< MICOSHASTA LA VISTA >>

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: