CLÁUDIO COSTA

Cláudio Costa, ou CC, era mais que um colaborador da MS, além de escrever textos sobre o raro Tandy Color (CP 400), que era seu micro preferido na época, fez algumas das capas mais sensacionais da MS impressa.

Também era um traidor… ops tradutor de mão cheia, sabe o famoso Red Book do MSX? Poizentão, foi ele quem traduziu, o cara tem o cérebro direito e esquerdo funcionando a 220v.

CC sempre foi parceiro de infinitas tretas e projetos, sempre esteve lá para levar coelhadas da Mônica quando algum plano infalível, falhava. Da época da MS impressa, juntamente com o RD está sempre no bat-canal, apesar da distância física.

Sempre ajudou, inclusive com projetos aqui mesmo na MS, mas o CC não gosta muito de aparecer, tanto que sequer uma foto dele eu consigo e se colocar uma das que tirei em alguns encontros é capaz de me processar ou pior… cobrar aquele 1 cruzado que me emprestou no século passado.

Dono de textos simplesmente hilários (no bom “sentado”) o difícil é fazer autorizar publicar os textos com que sempre nos diverte muito em animados papos, especialmente no caso de planos para dominar o mundo.

O CC gosta mais de atuar nos bastidores e sem ele provavelmente eu ainda estaria fazendo sites em HTML, com o Dreamwave, ele é o cara que os gurus procuram quando não tem uma resposta… ainda que seja uma tremenda sacanagem ele vai ter uma resposta.

Não espero ter muitos textos do CC aqui na MS, o cara é difícil, mas podem ter certeza que se tiver algo legal aqui – uma fonte diferente, que seja – ou quem sabe um curso por EAD, tem algum palpite do CC por trás.

PS: Espero que ele leia isso, deteste e escreva ele mesmo uma apresentação mais decente.

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Divino C. R. Leitão

Safra de 57, um cara das artes, professor e coordenador do CPD da MS. Desde sempre!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *