LOADING 2021

Loading é um termo que vocês vão ouvir falar muito neste ano que define o início do 21º ano do século 21, a entrada nos anos 30 (que muitos vão dizer que não) e talvez a saída de um ano que marcou de muitas formas o ano anterior, que por mais criticado que tenha sido, foi um ano de aprendizado e se sobrevivemos a ele, devemos agradecer.

Estou escrevendo este editorial as 3 horas da manhã, de uma data na qual normalmente não trabalho e a esta hora estou indo dormir ou já apagado da festa de reveillon, mas este ano não teve festa. Quando se deu a passagem de ano, estava dormindo, havia alguns familiares por perto, caia uma chuva torrencial e eu tentava assistir uma série, mas apaguei… nada de fogos, de champanhe e essas coisas banais deste dia.

O fato é que por volta de 2 e pouco o cérebro já tinha despertado e quando ele não quer dormir, o corpo também não consegue e comecei a pensar neste editorial.

A chuva já parou, está um céu nublado e a lua, que ontem estava enorme e brilhante lá no céu, está agora escondida.

Alguns descerebrados ainda soltam fogos, não entendem que vivemos um novo tempo, em que o silêncio é de ouro, talvez tenham acordado agora há pouco, como eu, mas ao invés de ir produzir algo, preferem acordar os outros… fazer o que?

Falando nisso… minha última lembrança do ano passado foi de ter dado um block, já nos estertores de 2020, em uma pessoa que eu gostava muito, que tinha por amiga e sempre tratei da melhor forma possível, embora tenha a certeza que, para ela, sempre fui mais uma utilidade do que um amigo. Absolutamente não é algo para comemorar, mas as vezes precisamos parar de dar atenção a quem nos puxa para trás. Não é a primeira vez que sou obrigado a fazer isso e nas outras foi sempre melhor, para todos.

Mas vamos falar um pouco da MS… como editor posso misturar os assuntos, não me ater apenas a questões técnicas ou de trabalho, mas um editorial precisa ter temas pertinentes.

O primeiro deles é que a MS voltará a destacar um tema que marcou sua existência, os adventures. Nem todos sabem, mas através do RD a MS foi pioneira neste assunto no Brasil e o RD nunca deixou a boa cair e enquanto no ano anterior a maioria se poupava de lançamentos e projetos o RD lançou sua versão mais nova do que sabe fazer melhor, o Génesis, editor de aventuras que é uma evolução do Micro Aventuras, que por sua vez é evolução do Editor de Livros de Aventuras, que é uma evolução do “Aventuras na Selva”, tecnicamente o primeiro adventure brasileiro, que também foi a base do Amazónia, nosso representante mais prodigioso deste tipo de jogo.

O fato é que a MS vai apresentar uma série de projetos de jogos de aventura, no estilo DIY, que nossos leitores sempre curtiram muito. Fiquem de olho que nos próximos dias vamos dar a partida.

E não serão apenas adventures, um programa fantástico, que venho acompanhando desde seu nascimento também fará parte de nossas futuras matérias, o Scratch, um aplicativo genial, criado pelo não menos genial MIT e que permite a entrada das crianças no mundo da criação de jogos, este será especial para a seção MS Kids, que não teve a devida atenção no ano que passou, mas vamos corrigir isso. Mas os mais “maduros” devem ficar de olho, pois apesar da pegada infantil o Scratch também é para marmanjos, especialmente os que sempre quiseram se aventurar em fazer um jogo, mas não sabiam por onde começar.

Estas atividades vão inaugurar o nosso prometido EAD, que é algo que quero colocar na MS desde que decidi fazer o reboot da revista, lá no distante 2009 e nunca consigo fazer do jeito que se deve.

Não vou fazer mais promessas, em 2020 comecei o ano cheio de gás e após a ducha fria do COVID cheguei a pensar em desistir e ficar no meu canto, como deveria convir a uma pessoa na minha idade e condições, mas felizmente ainda havia carga na bateriam só que neste ano do Loading, pretendo realizar mais e projetar menos.

Alias estão ouvindo Loading não é por acaso… certamente 2021 será o ano em que vocês vão finalmente conhecer o Loading, projeto que vai mostrar uma parte do Brasil que poucos conhecem, na área de desenvolvimento de jogos, vocês que curtem games vão adorar isso.

E agora algo que alguns podem pensar que é “má notícia” mas quem pensar assim vou ter que lamentar pela sua situação e torcer para que melhore. A MS, após mais de 10 anos de prestação de serviço e de trabalhos 100% gratuitos, sem nunca sequer ter pedido uma ajudinha sequer a seus leitores vai passar a ter conteúdo pago. O fato é que se quisermos oferecer uma qualidade melhor de apresentação e contar com matérias de um nível melhor que o que trabalho voluntário pode permitir, precisa ter uma monetização.

Nunca tive problemas em pagar hospedagem ou mesmo em trabalhar gratuitamente para a MS, mas não posso desejar que outras pessoas pensem assim, sem contar que qualquer trabalho bem feito merece ser remunerado. (Divino Leitão)

Pensei em vários formatos, inclusive o de uma nova revista (que virá, mas não será a MS, será algo novo) e optei por um formato bem diferente. Algumas matérias, cursos e serviços da MS só estarão disponíveis para quem se dispor a pagar por estes produtos, o valor é praticamente simbólico, mas permitirá pagar uma série de implementações que venho querendo fazer faz algum tempo, mas não considero justo tirar de meu bolso, que alias anda bem vazio, nem que quisesse seria possível assumir custos extras.

Será algo bem simples, sem maiores compromissos, bem ao estilo, “pare quando quiser” e ninguém fará cobranças. Se quiser voltar, apenas reinicie os pagamentos e voltará a ter acesso a este material diferenciado. Não vou explicar agora, mas assim que os primeiros produtos começarem a ser disponibilizados você vai saber como poderá contribuir.

As matérias tradicionais, artigos, notícias continuam 100% gratuitos, porém mesmo nesta parte, os que passaremos a chamar de Leitor VIP, terão algumas vantagens. Sem contar que a qualidade e apresentação da MS vão melhorar muito.

Então é isso… que 2021 esteja acima de todas as expectativas, absolutamente não pretendemos começar o ano com vitimismo ou medo, mas com a certeza de que o que puder ser feito de melhor será. Tudo para que você, querida e preciosa leitora e você prezado e estimado leitor tenham a certeza que a MS é feita com um enorme carinho e dedicação para lhe oferecer uma opção de leitura exclusiva, igual ou melhor do que quando a MS foi pioneira em trazer a informática para o formato de notícia e prestação de serviço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *