DIVINO LEITÃO

Divino Leitão
Editor Chefe

Fui convidado para trabalhar na MS impressa pelo RD e comecei num cargo que era um sonho, Coordenador de CPD, eu recebia e avaliava as cartas dos leitores, ajudava na pauta e eventualmente escrevia alguns artigos, fora a parte mais divertida que era testar programas e mais programas ou lançamentos.

Neste cargo conheci micros que acabavam de ser lançados no mercado, frequentava feiras de informática, enfim, estava por dentro do melhor que acontecia nesta área.

Foi nesta época dourada que lancei meus jogos para o TK 85, através da Ciberne, na verdade foi o Zé Duardo, da Ciberne, que me apresentou para o Renato e o resto é história.

Posteriormente tive que mudar do Rio, mesmo assim continuei a atuar como correspondente. Foi interessante porque eu tinha muita liberdade para escrever o que me interessasse mais e assim foi até que Alda decidiu seguir novos caminhos e deixou sua sub-editora no comando. Pouco depois o Renato também foi cuidar de outras atividades.

RD voltou depois, já como editor da MS, nesta época eu estava envolvido com tantas coisas que nem cogitei voltar a fazer parte do time. Só que na verdade estava já meio que viciado em fazer revistas, tanto que cheguei a fazer a J&C e posteriormente atuei em outras publicações, inclusive no Caderno de Informática InfoETC do jornal O Globo.

A MS era interessante porque permitia que eu cuidasse de uma atividade que nunca me rendeu dinheiro, mas que sempre gostei, a Criação de Jogos, tanto para computadores quanto jogos de tabuleiro ou cartas, algo que nunca deixei de fazer.

Em 2010 decidi trazer a MS de volta, algo que a maioria das pessoas considerou uma ideia 333 (meio besta) e devia ser mesmo, porque a MS On Line nunca sequer chegou perto do que era a MS impressa, mas esta nunca foi a intenção, só queria que a MS continuasse.

E assim tem sido… esta é uma nova fase, em que aproveitei um limão pra fazer uma limonada, o site saiu do ar por questões técnicas em meados de 2019 e decidi que ia começar tudo do zero e implementar algumas coisas novas que estavam na cabeça.

Atualmente sou professor, com especialização em EAD, sou TST e Consultor Empresarial, além de continuar a criar meus joguinhos, mas decidi que poderia juntar todas estas atividades em uma atividade que gosto, que é editar uma publicação…

Jamais quis ser editor da MS, para mim só duas pessoas merecem este título, o Renato Degiovani e a Alda Campos (NNNMO). Como gostei muito de ser Coordenador de CPD e já aceitei o cargo de Coordenador Geral faz 10 anos…. vamos ver se consigo manter assim por mais 10.

Tive que adicionar este detalhe, a revista, para funcionar como uma equipe, precisa de editores e Editores precisam de um Editor Chefe, então mesmo não querendo o título terei que assumí-lo, até que surja alguém com melhores habilidades para isso e aí volto a coordenar, que é algo que faço bem melhor.

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Divino C. R. Leitão

Safra de 57, um cara das artes, professor e coordenador do CPD da MS. Desde sempre!

Uma resposta para DIVINO LEITÃO

  1. Pingback:FITIC 2016 – Revista Micro Sistemas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *